Uma criança prodígio belga está na rota para conseguir terminar a licenciatura com a tenra idade de 9 anos. Laurent Simons está a estudar engenharia eletrónica na Universidade de Tecnologia de Eidhoven, na Holanda – um curso considerado difícil até para os alunos com a média de idades normal para frequentar uma licenciatura.
Filho dos médicos Lydia e Alexander Simons, os professores de Laurent cedo começaram a perceber que o menino tinha algo de especial. E foram-lhe dando vários testes para perceber a extensão das suas capacidades. Concluíram que o rapaz aprende de forma muito, muito rápida.
Com apenas nove anos, deverá acabar este curso em dezembro e tornar-se no aluno mais jovem de sempre a obter um diploma universitário. Depois, pretende fazer um doutoramento em engenharia elétrica e estudar também medicina.
Por isso, a Universidade de Tecnologia de Eindhoven deixou que Laurent completasse o curso de engenharia elétrica mais rapidamente do que os seus colegas.
O diretor do curso, Sjoerd Hulshof, afirmou que Laurent é “simplesmente
extraordinário”.
Mas, apesar de Laurent aprender tudo muito rapidamente, os pais querem que o rapaz aproveite também a sua infância.
No entanto, ao contrário da maior parte das crianças de 9 anos, Laurent já decidiu o que quer fazer da vida: desenvolver órgãos artificiais.
Mas até então, tem de terminar a licenciatura, escolher o próximo local de estudo para a pós-graduação e para já tirar umas férias no Japão com a família para um merecido descanso.(CNN)